Transhumano

O termo transhumano é uma dinâmica intelectual com o intuito de transformar a conjuntura da vida do ser humano por meio da tecnologia para desenvolver as capacidades humanas: física, intelectual e psicológica. Deste modo, poderia extinguir o sofrimento humano, causado por doenças, envelhecimento e fraquezas emocionais. 

A ideia do transhumanismo  surgiu na década de 1960, mas foi somente em 1990 que o filósofo britânico Max More o apresentou como hoje é divulgado. O objetivo é chegar ao pós-humano, o que gerará mudanças significativas na vida social, cultural e científica.  O propósito é de potencializar a evolução humana através da tecnologia. 

Porém o Projeto Transhumano  – brinca com o termo e tem o intento de auxiliar as pessoas a despertarem para o seu valor e a conhecerem os seus limites. Hoje, com a comunicação globalizada em tempo real e a pressão do dia a dia, as pessoas estão perdendo a sua humanidade, gerando conflitos, traumas e violência. Com isto, a depressão, o transtorno de ansiedade e o estresse aumentam potencialmente. O preconceito transforma seres humanos dignos em excluídos sociais, através do afastamento e privação dos indivíduos e grupos sociais, por terem escolhas e características ditas “diferentes”, sejam: étnicas, sexuais, culturais ou religiosas.

Desta forma, o projeto proporciona conhecimento sobre a inteligência emocional e disponibiliza mensagens diárias e mentoria para todas as pessoas que se sintam solitárias e excluídas. Através da inteligência emocional auxilia no despertar do propósito de vida de cada um e facilita o empoderando. Quando nos conhecemos verdadeiramente, temos a capacidade de análise, reflexão e de uma boa comunicação. Isto faz com que nos conheçamos melhor, contribuindo com o equilíbrio emocional e o desenvolvimento pessoal. Através das palestras e workshops, cada participante tem contato com técnicas que ajudam a viver melhor e se comunicar assertivamente, o que contribui para ter uma vida mais eficaz.

humanizando